Quantas vezes você já perdeu o foco?

0 comentários

"... E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém andava distraída em muitos serviços..." (Lucas 10:38-40)


Ao ler essa passagem, é fácil pensar que Marta é a má irmã por ter escolhido outras coisas enquanto Maria escolheu ouvir Jesus. No entanto, isso está longe de ser a verdade.Se lermos essa passagem com cuidado, veremos que foi Marta quem recebeu Jesus em sua casa, "...e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa...". Marta também estava aos pés de Jesus com Maria ouvindo-O: "Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus". No entanto, foi Marta quem se distraiu com outras coisas em vez de permanecer ouvindo a Jesus "porém andava distraída em muitos serviços...". Marta podia até estar preparando comida para o Senhor Jesus, mas isso não vem ao caso.


"É fácil pensar que Marta é a má irmã
por ter escolhido outras coisas enquanto
Maria escolheu ouvir Jesus. No entanto,
isso está longe de ser a verdade".


Esse mesmo comportamento que vemos em Marta e Maria se repete entre muitos jovens hoje em dia. Se, por exemplo, compararmos 2 membros firmes do Grupo Jovem baseados na aparência de cada um, acharíamos muitas semelhanças entre eles. Por fora, eles dois pareceriam ser os mesmos: os dois são super envolvidos com as tribos deles, sempre freqüentam as reuniões durante a semana e não perdem uma evangelização, ajudam a limpar a igreja, a evangelizar, etc.
Seria praticamente impossível identificar a diferença entre essas duas pessoas baseado somente no que elas fazem na igreja. No interior, porém, uma é diferente da outra. Uma, que é como Maria, está focada no que é importante, enquanto a outra, como Marta, se distrai com outras coisas.
Como Marta, muitos jovens são facilmente distraídos por coisas não importantes. Essas distrações podem ser amigos, certos tipos de música, pensamentos, vida sentimental, carreira, estudos, etc. O que quer que seja a distração, algo no interior da pessoa a impede de estar 100% com Deus.
Ter um relacionamento com Deus através do Espírito Santo deve ser sempre a nossa principal prioridade. Nada deve nos distrair desse objetivo. Mesmo que estejamos na igreja e tenhamos responsabilidades na casa de Deus, não podemos permitir ficar tão ocupados com outras coisas que tornamos o nosso relacionamento com Deus menos importante.
Você pode ter sido uma "boa pessoa" a sua vida inteira. Você pode também estar contribuindo e muito na Obra de Deus. Mas se você se distrai e não busca a Sua presença, todo resto é em vão. Você não ganha mérito somente em fazer a coisa certa perante Deus. Reconheça que você precisa da misericórdia de d'Ele. O Espírito Santo só entra nos humildes de coração.
Não interessa seu passado. O importante é ser a própria oferta pra Deus e se dar 100% para Ele.



FORÇA JOVEM UNIVERSAL - #TAMOJUNTOEMISTURADO

Aqui você tem valor! Você é nosso convidado!

0 comentários: