Matando-nos aos poucos

0 comentários

As palavras ficam para sempre. No momento em que você as pronuncia em alto som, você as está escrevendo no coração de alguém, e às vezes uma pessoa pode viver a vida toda baseada nessas palavras...
Deus tolera nossos corações teimosos dia após dia e mesmo assim Ele não nos destrói com palavras. Ao contrário, Ele está sempre nos dizendo algo bom - como podemos sempre recomeçar (Isaias 43:18-19); que Ele nunca nos esquecerá (Isaias 49:15); que Ele sempre estará lá por nós (Mateus 28:20); que Seu amor é incondicional (Romanos 8:35); que somos a menina dos Seus olhos (Zacarias 2:8); que nossos nomes estão escritos na palma de Suas mãos (Isaias 43:16)...
Apesar de termos que lidar com nossos maus pensamentos como são, nós gostamos de qualquer um que saiba o que, quando e como falar!
Uma das melhores maneiras de evitar colocar esta carga sobre outras pessoas é nunca falar quando estamos com raiva porque é quase impossível filtrar as palavras nessas circunstâncias. Deixe as coisas se acalmarem; talvez você prefira falar no dia seguinte ou mais tarde, durante a semana...e se você sentir que ainda não está pronto para falar, não o faça.
Que tal ouvirmos mais e falarmos menos?


"O que guarda a boca conserva a sua alma, mas o que muito abre os lábios a si mesmo se arruína."
(Provérbios 13:3)

FORÇA JOVEM UNIVERSAL - #TAMOJUNTOEMISTURADO

Aqui você tem valor! Você é nosso convidado!

0 comentários: